Curiosidade apenas, não era amor

Curiosidade apenas, não amor “O que tu chamas tua paixão, É tão somente curiosidade. E os teus desejos ferventes vão Batendo as asas na irrealidade…” (Manuel Bandeira).

As pessoas clamam por emoção, por espetáculo, por novidade. Diante de tanta carência, dão seus nomes a paixões que correm o risco de não valerem a pena.

Como no poema de Manuel Bandeira, o que para muitos é amor, para outros não passa de simples e fútil curiosidade. Curiosidade sobre o jeito, sobre o cheiro, sobre a intensidade… Curiosidade apenas, curiosidade nociva, curiosidade imprudente e muitas vezes leviana.

O que mais chama a atenção é que este não é caminho apenas de adolescentes e jovens. Não, muito diferente disso, esse ledo equívoco acomete a todas as faixas etárias e a ambos os sexos. A ideia de que o “proibido é muito melhor” tem alimentado as “paixonites” que podem levar muitos à perdição (em seu sentido literal).

A entrega de corpo e alma a alguém deveria ser mais bem-pensada, mais ponderada, tida como consequência de vivências reais, e não baseada em sentimentos que não vão durar muito tempo (acredite).

“Nas asas da irrealidade” se fundamenta a paixão, ela que é tida como a projeção dos pensamentos do apaixonado sobre seu objeto. Simplificando, é como se o apaixonado criasse um personagem, no qual todas as suas vontades são projetadas e fiéis. Contudo, personagem é ficção, no mundo real não há mais espaço para esses delírios.

Amar é diferente. Amar envolve solidariedade, respeito, cuidado, paciência, entrega genuína. Há amor que nunca experimentou paixão, ao passo que há paixão que nunca se tornará amor.

Tem muita coisa envolvida nesse perigoso jogo. Não dá para se “entregar” a sentimentos sem o mínimo fundamento, pois pode ser um caminho de prisão, de armadilha, de ameaças.

Já o amor liberta, não traz medo nem competição. O amor é genuíno e, como tal, nasce na inteligência, e não apenas no bater mais forte do coração.

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s