Ela se livrou de uma relação doentia, mas venceu.

Ela é uma mulher de referência para tantas que reclamam de sua má sorte por não terem tido muitas oportunidades em suas vidas.

Estudante de escola pública durante toda a sua vida, uma das coisas que fez seu coração bater bem mais forte foi ter conseguido passar, de primeira chamada, em duas universidades públicas, a Unicamp e a USP. Isso a ajudou a perceber que com Deus e com esforço tudo é possível. Hoje, Kátia é professora de Educação Infantil na Rede Municipal de São José dos Campos.

Com 29 anos muito bem vividos e com a certeza de já ter passado por muitos momentos difíceis, ela sabe tirar forças da fraqueza e reencontrar Deus no silêncio dentro de si mesma todos os dias:

“Eu me relacionei por um tempo com uma pessoa que só sabia me diminuir, e eu não conseguia sair daquele tipo de relação. Foi uma fase muito difícil, pois eu estava longe da minha família, que é a minha base, e precisei arranjar forças dentro de mim para conseguir sair daquela relação doentia”, afirma ao se lembrar de momentos de dor que teve de enfrentar sozinha.

Apesar de todos os momentos de pesares, Kátia encanta a todos com seu jeito meigo de se comportar, além daquela boa dose de bom humor que seduz de modo único, particular. Ela tem no amor pela família sua mais alta motivação para se levantar todos os dias da cama e produzir tudo o que lhe for possível da melhor maneira que conseguir.

Ela é uma mulher determinada, otimista na maior parte do tempo e sabe se esforçar para se adaptar bem a diferentes situações, o que a torna uma sobrevivente. Seu amor por Deus também é marca visível em seu caráter. Com tantas características a seu favor, ela mantém em grande intensidade seu sendo de justiça, o que a faz, muitas vezes, demonstrar um temperamento de pavio curto. Seu urgente senso de justiça também colabora com isso, pois defende com veemência tudo aquilo que acredita ser o certo.

Kátia é filha, esposa, irmã, tia… Ela é uma profissional de alto nível. Ela é, certamente, uma grande mulher de inspiração, pois coloca Deus como seu Senhor:

“Eu procuro louvar a Deus em tudo o que eu faço. Posso até não conseguir, muitas vezes, por ser falha, mas tudo que eu faço desde o café da manhã que preparo para o meu marido com todo amor até um relatório que preciso preencher sobre o meu ensino durante o semestre. Tudo que fazemos deve ser o nosso melhor porque Deus se revela nas pequenas coisas e no amor para com o próximo.”

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s