Ela é movida a amor. Uma linda mulher que inspira pelo seu jeito meigo de ser.

“Concentre-se no gigante e você tropeçará. Concentre-se em Deus e seus gigantes tropeçarão!” É citando esse belíssimo pensamento de Max Lucado que  Cibele nos presenteia hoje ao nos contar um pouquinho sobre si, sobre a maneira doce como enxerga suas conexões humanas.

Dedicada esposa, filha, irmã e amiga, essa linda jovem leva também sua docilidade às crianças com que tem contato diariamente na escola em que atua como
Auxiliar de Educação Infantil.

Cibele nos confidenciou que seu coração pulsa mais forte todas as vezes que sente que é amada pelo seu marido e família.

“Saber que existem pessoas que me amam verdadeiramente a despeito das minhas fraquezas e defeitos é fundamental para mim. A melhor parte do meu dia é quando estou ao lado deles”, declara de maneira meiga, muito claro em seu caráter.

Como o amor é coisa de gente forte e que não se acovarda diante de situações ruins, Cibele também sabe muito bem o significado da dor:

“Lidar com perda de pessoas queridas, na minha opinião, é um dos momentos mais difíceis na vida de uma pessoa. Comigo não foi diferente. Até hoje sinto muito a falta dos meus avós, mas o que me conforta é saber que eles descansaram salvos em Cristo Jesus.”

Sua vida está nas mãos do Senhor. Condição indispensável de quem não aceita perder para as angústias comuns ao mundo. Cibele declara com vigor que sabe que Deus tem o controle de todas as coisas e que é através das adversidades que Ele está a moldando e capacitando para alçar voos mais altos. Ela ainda afirma que sua família é e sempre será a razão de não desistir!

“Sou uma pessoa que ama a vida, as pessoas que me cercam, não tolero desrespeito comigo ou com quem quer que seja. Muitas vezes, sou impaciente e ansiosa, mas sigo a vida com um enorme desejo de fazer a vontade de Deus!”

Ternura, carinho e suavidade são alguns traços marcantes da vida dessa mulher que encanta pelo seu modo de proceder, de se comportar. Ela é uma pessoa verdadeira e tem compaixão pelo próximo.

“Acredito que se eu tenho Jesus em minha vida e vejo alguém passando por um momento de dificuldade e não sento a dor daquela pessoa, como posso dizer que amo meu irmão? Eu mostro Jesus quando amo meu irmão incondicionalmente, quando o respeito, quando faço o bem sem esperar nada em troca”, finaliza ao demonstrar a verdade que existe dentro de si.

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s