Esta supermãe viu sua filha morrer aos 20 anos, mas teve de superar

Trata-se da mulher mais forte que conheço. É uma história de superação, que somente foi possível na presença do Senhor.

Cida casou-se aos 15 anos de idade e, aos 17, já estava criando filhos do coração. Ela é mãe biológica de 4 e mãe do coração de outras 4 lindas meninas. Mas não para por aqui. Essa mulher guerreira também cuidou de um de seus cunhados por 19 anos e mais outros 10 anos cuidou de sua sogra como se fosse sua própria mãe. Ah, isso sem dizer que hoje ela também cria um de seu netos.

Nunca vi uma mulher com tanta garra, com tanta força. É surpreendente vê-la em seus laços familiares e de amizade. Ela cuida de todos e é por todos muitíssimo amada. É uma companhia muito mais do que agradável em qualquer tempo, em qualquer momento.

Contudo, nada desafiou tanta essa mulher de coragem quanto o episódio do falecimento da sua querida Edilene, isso quando essa para sempre amada menina tinha 20 anos de idade.

Nada faz uma mãe se apavorar tanto quanto cogitar a possibilidade de viver longe para sempre de seus filhos. Muitas mães preferem nem pensar muito nisso, pois são situações que palavra nenhuma dará conta de expressar a alta carga de emoção envolvida.

Desde o nascimento de nossa amada Edilene, Cida já sabia que teria de redobrar os cuidados com ela, pois havia nascido com algumas más formações, entre elas a do cérebro e a do esôfago. O trabalho que isso gerava em nada era comparado ao sofrimento de ver sua filha com dor. Mas Cida viveu de milagre em milagre até o fim, até quando Deus viu que Edilene tinha cumprido a sua mais alta missão: levar sua família a servir a esse Deus de maravilhas. Cida não tem dúvidas de que Deus usou Edilene para fazer com que muitas pessoas chegassem ao Seu conhecimento.

Mesmo rodeadas de amigos e de ser muito amada e querida por todos, Cida se sentiu sozinha quando enfrentou esse que é pior momento de toda a sua história. Isso, infelizmente, é relativamente normal. As pessoas não são tão fortes e guerreiras quanto essa mulher de grande inspiração e, por isso, não tinham estrutura para tentar em ajudá-la nesse momento de tanta dor, apesar de desejarem isso do fundo de seus corações.

Essa linda mulher encanta, comove e surpreende. Ela não culpou a Deus por tudo de ruim que teve de enfrentar, pois sabe que todos os sofrimentos só a fizeram ainda mais forte. Ela é maravilhosa, uma supermãe e uma serva de Deus que não se encontra facilmente por aí.

Permita que essa história mova seu coração. Permita entender que Deus não a abandonou e que tudo o que você está passando é parte do Seu plano. Permita servir a Deus independente de qualquer situação.

Muito obrigada, minha amada irmã Cida. É em meio a muitas lágrimas que tenho a honra de escrever a sua tão linda história.

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com</p
 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s