Não quero ser mãe, e agora?

Incomoda tanto as pessoas o fato de eu não desejar a maternidade, que algumas buscam para si motivos que não existem, apenas para se sentirem melhores consigo mesmas. Todas as mulheres que não desejam ser mães sofrem o assédio de uma sociedade, que tem sérias dificuldades para respeitar opiniões diferentes do senso comum. Dizem que é falta de Deus, que a mulher foi criada com essa exclusiva função, que quem decidiu isso vai se arrepender, que não terá ninguém para cuidar de si na velhice…

Gente, que isso? Quanta bobagem. Primeiro, falta de Deus é viver na perdição, e isso nada tem a ver com ausência de maternidade. Segundo, a função da mulher está muito longe de unicamente ser mãe. Terceiro, talvez você se assuste, pois ninguém gosta de comentar sobre isto, mas existem milhares de mães arrependidas por aí, ou seja, arrependimento não é coisa só de uma parte, infelizmente. Arrepender-se de ser mãe é realidade absurda, vergonhosa, mas, acredite, existe aos montes. Quarto, que história é essa de ter alguém para cuidar de si na velhice? Oi? Você está mesmo falando da cultura brasileira, na qual ninguém valoriza o idoso? Meu amor, desculpe-me, mas você já imaginou que seus filhos terão vida própria quando você estiver velhinha? Bom, não vou me demorar nisso para não assustar você e, muito menos, desestimular aquelas que têm o nobre desejo de serem mamães.

Os motivos que fazem uma mulher não optar pela maternidade são muitos, mas são de ordem muito pessoal, é assunto particular, e ninguém tem o direito de interferir nisso, mesmo que seja na mais pura intenção (o que acho um pouco difícil). Contudo, é bom que fique claro que, sim, amo crianças, adolescentes e jovens, tanto é que convivo com eles em meus trabalhos e projetos. Amo também as muitas mamães que conheço, e qualquer mulher que desejar a maternidade encontrará em mim palavras de incentivo. Acho lindo demais da conta. A barriguinha crescendo, a expectativa, o mundo inteiro mimando (eu sou a que mais mimo grávidas). Só que acho mais lindo quando são mães vencedoras, guerreiras, dessas que sempre entrevisto no meu blog. Vivo aconselhando mães no meu dia a dia. Sempre digo que uma mulher se mostra mãe de verdade na adolescência de seus filhos. Qualquer babá é capaz de cuidar de bebês, mas tem que ser muito mãe e mulher para ser bom exemplo para filhos adolescentes.

É difícil conceituar em palavras as minhas razões para não querer ter filhos, mas quero deixar claro que ninguém encontrará entre elas explicações fúteis. Antigamente, ficava assustada com os motivos que as pessoas divulgavam a meu respeito sobre isso. Hoje, porém, acho até muito engraçados. Umas simplesmente não se conformam e, por mais que eu diga enfaticamente que, graças a Deus, não tenho nenhuma doença que me impeça de ser mãe, elas não aceitam e preferem acreditar que eu esteja mentindo. Outras até acham culpados, pensam que eu tenho medo de engordar, de ter que abandonar minha carreira profissional e assim por diante.

Ora essa, não é nada disso. Todavia, eu me esforço para entender que o planeta inteiro deseja uma boa explicação para isso, mas, calma lá, se você é uma dessas que desejam que nós, mulheres que optaram pela não maternidade, apresentemos uma boa razão para nossa decisão, vou fazer o favor de, pelo menos, tentar: não queremos mudar o ritmo e a direção de nossas vidas. Está tudo bem como está. Amamos nossa vida exatamente como ela é e esperamos que você nos respeite do mesmo jeito que respeitamos você. Se mudarmos de ideia e não tivermos mais o que fazer? Bom, teremos de viver com as consequências de nossas decisões, mas deixe isso conosco, está bem? Só não nos agrida, só não nos julgue, só não nos apedreje. Isso sim seria viver longe dos propósitos de Deus para a vida de uma mulher.

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s