Castelo de Areia:  Deus não abençoa uma relação que não vem Dele

Uma mulher inteligente que quer romance busca isso em Deus, e não sacia sua sede em fontes que não são suas. Não sei bem o que está acontecendo ultimamente,  mas percebo que a sabedoria tem passado muito longe da cabeça de muitas mulheres por aí. É como se estivessem ficando loucas. Algumas chegam a largar o próprio casamento como se não estivessem fazendo nada demais, uma coisinha à toa,  demonstrando com isso um total descaso com as leis divinas.

Será que acham mesmo que Deus abençoará o próximo relacionamento delas? Ora, se acham isso, demonstram, além da mais completa ausência de temor, uma total falta de bom senso. Afinal, onde já se viu pensar que Deus abençoará sua vida junto ao homem que não era para ser seu, enquanto que você não atribuiu o devido valor àquele que Deus escolheu para estar ao seu lado?

Não pense que, com isso, sou a favor de uma mulher viver sob humilhação ou, muito menos, sob algum tipo de violência. Não,  claro que não. Acredito que há,  infelizmente,  casos em que o divórcio se mostra como única e extremamente lamentável solução. Mas entenda que sou extremamente a favor de uma mulher lutar na presença do Senhor  para que o seu legítimo marido cumpra com louvor o que a Palavra de Deus orienta para ele , para vocês. Se ele não cumprir, tenho certeza de que o fracasso é dos dois, e não apenas dele.

É sério:  não entendo uma mulher querer largar seu marido para recomeçar com outro homem. Saiba que isso nada tem a ver com o comportamento de uma mulher inteligente.  Não ache que você será feliz diante de Deus porque é como você construir um lindo castelo na areia e querer que ele resista à força da maré.
Com esse tipo de comportamento, mulheres assim demonstram que não entenderam nada do que é casamento e não vão ter a força de caráter necessária para se firmar bem com qualquer outra pessoa.

Ouvi uma mulher um dia dizendo que havia perdido o amor pelo marido e, segundo ela, não sentia mais nenhuma atração sexual por ele. Nossa, que fracasso, mas vamos lá, deixe-me explicar algumas coisinhas básicas a você:

Primeiro: amar é decisão. Se as coisas vão mal em relação à chama do amor em seu casamento, é porque você está deixando de cuidar de seu jardim. Ora, você fez pouco caso e deixou a rotina e as frustrações tomarem conta de seu coração, e Deus cobrará de você essa irresponsabilidade.

Mulher inteligente não acredita em contos de fadas,  não cai na conversa fiada das novelas e das músicas que fazem o coração palpitar mais forte. Não lamentam o fato de não terem se casado com um “don Juan”. Não, ela vai em busca de aquecer seu próprio relacionamento com o homem com quem decidiu se casar.

Desculpe-me se eu estiver sendo áspera, mas cá entre nós: é irresponsável uma mulher querer viver com o coração saindo pela boca o tempo todo, pois essa paixão toda só dura um pouquinho de nada (até pelo fato de nossa saúde não aguentar tanta coisa assim o tempo todo).

Digo que é irresponsável porque essa empolgação toda dos primeiros encontros, muito própria da época da paquera e dos primeiros olhares, só é encontrada novamente em novos casos de “amor” (entre aspas aqui porque o nome correto é uma palavrinha chamada pecado). Querendo sentir o coração bater mais forte como antes, a mulher se deixa tocar por outros homens, e nem passa pela sua cabeça que a vontade divina é ela reacender a chama de seu próprio casamento.

Segundo: a atração sexual no casamento é responsabilidade individual. Pare de achar que sua frieza sexual é culpa de seu marido e comece a preparar sua mente todos os dias para ter com ele momentos inesquecíveis na cama. Cuidado, contudo, para não fazer isso a partir de materiais ilícitos (novelas, músicas mundanas ou outros homens), pois isso certamente desagrada ao Senhor. Leia Cantares de Salomão. Veja o quanto a Sulamita elogiava o corpo de seu marido e como, após isso, desejava estar com ele, ainda que para isso ela tivesse que romper com as convenções próprias de sua época e saísse, sob muito risco, em busca de seu amado.

Querida, é assim que você tem de buscar ser. O momento íntimo de um casamento é fantástico, mas você não pode esperar por um milagre nesse sentido. É você que tem que buscar em seu marido as delícias que somente ele pode oferecer a você. Quer uma dica? Comece se atentando para a forma como ele se aproxima de você e a ansiedade que ele tem para estar em sua companhia na cama.

Sentir-se desejada é um bom início para que uma mulher obtenha maiores resultados em sua vida sexual, e você precisa buscar isso nele, no seu próprio marido, e jamais ser louca de se permitir ser paquerada e cortejada por um homem que não é para ser seu. Muito diferente disso, sinta-se agredida e desrespeitada em caso de algum outro homem querer tocar em você, pois o seu corpo é do seu marido, e o dele é somente seu.

Por fim, a mulher inteligente mata sua sede na fonte de seu jardim particular. Ela sabe se aquecer para estar ao lado do homem com quem voluntariamente decidiu se casar. Ela não busca apenas emoção, mas carinho, amor e afeto sinceros, que somente seu próprio marido pode oferecer.

Por Erika de Souza Bueno
Blog Olhar de Mulher
https://olhardemulher.wordpress.com
E-mail: consultoria.erikabueno@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s